FP - LEGENDARY FISHERMAN OF GODESSESS

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

FP - LEGENDARY FISHERMAN OF GODESSESS

Mensagem por Lancer em Dom 16 Abr 2017, 09:43




4*MAUI

Nome completo /////////////Maui
Origem /////////////Mitologia Polinésia
Nacionalidade /////////////Indonésia
Sexualidade /////////////Masculino. Heterossexual.
Classe /////////////

Lancer


Título /////////////
Lendário Pescador de Ilhas
O Semideus Metamorfo
Falcão Peregrino
Filho do Guardião
A Criança Amaldiçoada pelo Pai
O Enteado do Grande Deus Mar
O Acolhido pela Maré
Metamorfo Peregrino
Lendário Pescador de Deusas



"

PERSONALIDADE



[CHAOTIC NEUTRAL] - Lancer continua tão arrogante quanto quando vivo. Sim ele sempre foi muito arrogante, á ponto de se sentir ofendido quando sua mãe recusou á se lembrar de como atirou-o ao mar por ele ter nascido prematuro, a arrogância e orgulho do semideus é indolente á sua conduta como um herói, quanto mais feitos ele adquiria mais ele se sentia superior e obstante ás pessoas ao seu redor. Continua também, um mulherengo inconfundível que não dá chances ás suas "pescas" para escaparem de sua "rede de elogios", tal o fato que orgulhosamente se auto intitula de "Lendário Pescador de Deusas". Sua úncia preocupação na realidade não é nada mais nada menos que a humanidade tenha tanto direito quanto os deuses, uma vez que sua casta de semideuses, os da polinésia, eram considerados ao mesmo tempo humanos e deuses e respeitados como iguais por ambos, mas sua parte humana insistia em buscar dar direitos aos humanos iguais aos que os seus irmãos deuses possuíam, o que atraiu o ódio de sua família imortal. O desejo que este quer levar ao Graal é este: que deuses e humanos tenham direitos iguais e prevaleçam eternamente em harmonia. Fora isso ele não se importa com o que é certo ou errado, pouco lhe interessa se alguém vive ou morre por suas mãos, a não ser, é claro, que este alguém seja uma garota bonita.

HISTÓRIA



O verdadeiro nome de Lancer é Maui, um herói famoso da mitologia polinésia, conhecido em todo o golfo caribenho, principalmente na Nova Zelândia, Havaí e Indonésia, este último país diz-se que o povo descende do mesmo, sendo ele o antepassado de toda sua população. Sua história começa logo cedo de forma trágica: uma vez que ele nasceu prematuro, sua mãe o atirou ao mar para seu pai não se envergonhar, esta ação fez com que seu tio, o deus do mar, o acolhe-se e apadrinha-se,
criando-o e ensinando á usar seus poderes divinos. Poderes divinos? Sim! Maui mesmo sem saber quem era seu pai, era um semideus poderoso, cuje a habilidade mais memorável era a metamorfose em aves, o qual o mesmo preferia falcões e aves de rapina, como o pombo ou o falcão peregrino. Quando já era um adolescente, Maui voltou para a casa de sua mãe, revogar seus direitos como filho da mesma, mas ela mentiu, dizendo que nunca o vira e não sabia quem ele era. Irritado ele ditou cada pedaço de sua história trágica ao nascer mas ela simplesmente negou sem demonstrar nenhum traço de culpa, então o semideus fez seu primeiro truque: em uma festa, seus irmãos dançavam e se divertiam, ele aproveitou a distração dos mesmos e se juntou á eles nas danças e brincadeiras, sem que percebem-se quem ele era, quando sua mãe chamou pelos filhos,
Maui, que havia seguido os irmãos, havia comprovado ser filho da mesma, que o aceitou de má vontade, assim como seus irmãos que passaram á se ressentir do garoto. Certa vez, os deuses queriam comemorar uma festa e o convidaram, para iluminar os salões os deuses chamaram o deus sol, que apagou um pouco de sua luz para não incinerar a Terra com suas chamas. Maui dançou e cantou alegre com seus irmãos deuses, mas o deus sol se embebedou e acabou aumentando sua luz para impressionar algumas deusas, Maui, riu e aplaudiu como os outros rapazes que concordavam com as tentativas do deus... Mas logo que olhou para a Terra ele se sentiu mal por sua atitude infantil: o mundo estava em chamas devido ao brilho do sol. Ele tentou convencer os deuses, especialmente o deus sol que aquilo era ruim e que muitos humanos sofreriam, mas o deus sol apenas zombou de Maui e acusou-lhe de invejar mediocremente sua beleza e a atenção que recebia das damas graças á seu esplendor. "Se ama tanto seus irmãos mortais, vá festejar com eles, seja queimando ou não!", diziam os deuses. Maui tomou uma decisão naquele momento. Iria quebrar o queixo dourado do deus sol. Ele desceu até a Terra fingindo ter admitido o que ele dissera... Mas ele buscou no mar uma fera abismal, uma baleia da qual sua família descendia, ele matou a fera sepultando-a ao atirá-la contra o pico de uma montanha e removeu sua mandíbula. Ele voltou á festa dos deuses e espancou o deus sol com a mandíbula de baleia, até que este fugiu assustado para os altos do céu e nunca mais voltou. Espantados e admirados com a força de Maui, os deuses o expulsaram de seus domínios e passaram á temê-lo e odiá-lo, exceto duas deusas: Mahuika, ou Pele, e Rohe, uma deusa da morte que viria á ser sua esposa. Ambos se amavam, mas Maui sentia-se inseguro perto da deusa, pois aos seus olhos ela era mais linda que qualquer coisa na Terra e no Mar: ele pensava ser indigno de tal beleza, e por tal ele a abandonou, aparentemente sem motivos, pois temia envergonhá-la com seu jeito selvagem, ainda mais pelo fato dos deuses o terem em sua lista negra. Maui em seguida teve sua história mais conhecida: seus irmãos humanos o excluíam pois gostavam da atenção dos deuses que odiavam Maui com todas as suas força. Certa vez, ele o impediram de acompanhá-los em uma pescaria, o que o encheu de fúria pois as pessoas precisavam do máximo de comida que fosse possível conseguir, Maui então voltou á onde havia escondido a mandíbula de baleia que havia usado para derrotar o deus sol e a moldou na forma de um gancho de pesca polinésio longo e sinuoso, o primeiro de todos, ele utilizou o gancho para tentar pescar o máximo de peixes que podia utilizando as propriedades mágicas da criatura marinha mágica e do sangue do deus sol que jazia nos ossos com os quais o gancho foi feito e funcionou bem: ele pegou milhares de peixes, suficientes para alimentar o povo por séculos, mas no último movimento ele descobriu que as propriedades mágicas do gancho conduzidas por seus poderes semidivinos, eram muito mais poderosas do que um mero gancho da fartura, o gancho mergulhou na água mas o que ele fisgou foi um enorme pedaço de pedra... Maui pescou a Ilha do Norte da Nova Zelândia com seu gancho,
a qual é até hoje chamada de Te Ika-a-Maui, ou "o peixe de Maui". Em seguida, o fogo desapareceu do mundo pois os deuses magoaram a deusa Mahuika, que entristecida escondeu-se em uma caverna, os deuses tinham medo da reação da deusa mais do que os próprios mortais temiam por isso o único que se ofereceu para procurá-la foi o semideus. Ao encontrá-la ela o ataca com rajadas de fogo, implorando para ter paz, para que ele não á incomodasse, ele tenta fazê-la sorrir com suas transformações e piadas mas Mahuika acha que ele apenas está zombando dela, o que deixa o rapaz triste e o encoraja á roubar um beijo da deusa. Ao mesmo tempo irritada e surpresa, Mahuika lança o fogo contra a terra e o mar, incendiando mesmo a água pela ousadia do semideus que fugiu encabulado pela reação da deusa á quem ele achava muito parecida com sua ex-esposa. Como o fogo voltara, os deuses se sentiram satisfeitos, mesmo que o humor de Mahuika não tenha voltado ao que era antes e que muitos mortais tenham fadado pelas chamas. Após isso, ele seguiu sua mãe as escondidas pela noite até o portão da morte, lá ele descobriu que era filho do deus guardião da morte: Makeatutara. Seu pai se sentiu ofendido por descobrir que o semideus mais odiado da história de seu povo era seu filho, mas o enganou, com a mesma inteligência e perspicácia herdada por Maui, e prometeu batizá-lo, no momento do batizado, Makeatutara, no entanto, rogou os cânticos de forma errada, o que amaldiçoou seu filho á ter uma morte vergonhosa, diferente da glória que havia alcançado em vida. Futuramente seu pai o enganou e convenceu de que seria possível tornar os humanos completamente imortais(na época os humanos não morriam de velhice), ele apresentou Maui á deusa da noite, uma bela deusa da morte ainda mais linda que sua antiga esposa Rohe por quem Maui se apaixonou, seu nome era Hine-nui-te-pō e seu pai lhe disse que caso ele dormisse com ela, ela lhe contaria o segredo para tornar um mortal imortal. No entanto, a deusa não abrira a boca nem por um segundo enquanto os dois namoravam. Após uma noite de amor entre os dois, Maui perguntou á deusa qual seria o tal segredo, mas ela se recusou á responder. Mais treze vezes eles dormiram e ele á perguntou, quando na décima terceira vez, completamente entretida com a beleza do amante, a jovem deusa lhe segredou em seu ouvido que o segredo era a morte de outra raça. Maui, horrorizado, perfurou seu peito com seu próprio gancho mágico, incapaz de escolher entre entregar á imortalidade aos mortais, ou deixá-la para os deuses. Os deuses descobriram que Maui tentara tornar os humanos imortais e puniam todos por isto: eles agora morriam pelo tempo, pela velhice, pelas doenças. Maui foi um herói que amou tanto os deuses quanto os mortais, ambos parte de sua família, de forma igual á quanto ele amava á si mesmo, mas acabou por ter sido odiado por ambos tanto quanto ele os amara, sendo ele uma existência amargurada.


ATRIBUTOS



Distribuição:

Força: B (41)+10=51(A)+8=59(A++)
Resistência: C (31)+10=41(B)+8=49(B++)
Agilidade: A (51)+10=61(EX)
Mana: D (21)+30=51(A)
Sorte: E (10)+14=24(D+)

Oficial:

Força: A++
Resistência: B++
Agilidade: EX
Mana: A
Sorte: D+




@DFRABELO
avatar
Lancer
Lancer
Lancer

Mensagens : 34
Data de inscrição : 04/04/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FP - LEGENDARY FISHERMAN OF GODESSESS

Mensagem por Holy Grail em Dom 16 Abr 2017, 19:34

Ficha, aprovada. Seja bem vindo, espero que se divirta, e boa sorte em sua jornada. Suas skills, e nps. Serão enviadas via mp, assim que possível,
grata pela compreensão.

Holy Grail
Administrador
Administrador

Mensagens : 23
Data de inscrição : 21/03/2016

Ver perfil do usuário http://fateonemoresn.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum